Bottled

bottle

Agarro na garrafa com a fúria que se prende nos gestos irreflectidos.
Agarro na garrafa sem sentido.
E sem sentido início aquilo que acho que preciso.
Bebo do seu gargalo sem reparar no que ela me diz.
Sabe a Gin. Sabe a Tónico. Mas recuso-me a olhar para o rótulo.
Tenho os olhos cheios das lágrimas que com força expulso do meu
interior. Vou bebendo sofregamente de uma garrafa ao mesmo tempo que
tento secar o meu interior. A ironia dos momentos de dor. As
contradições de uma alma ferida!
Dou uma gargalhada que acorda os vizinhos (ou que desejo que acorde!
Afinal como podem eles dormir quando eu me encontro nesta dor
incomensurável, neste sofrimento sem voz, nesta loucura atroz? Como se
atrevem sequer em pensar em adormecer?).
Contradições de uma alma ferida? Alma? Aos anos que penso na alma como
se de uma asa de um pássaro se tratasse. Invariavelmente encontra-se
sempre ferida. Que raio de alma é esta então que não voa? Que não sara?
Que não consegue aproveitar as coisas boas da vida?
Entrego-me à garrafa que nunca largou a minha mão e entrego-me de corpo
e asa ferida, entrego-me sem medida, entrego-me sem contenção.
Tento chegar ao fim da garrafa como se isso me trouxesse como recompensa
alguma forma de compensação. Como se me fosse devolver um novo coração.
Como se fizesse sentido sequer.
Entrego-me à garrafa com o mesmo prazer que em tempos entreguei-me a
outros corpos. Com a mesma paixão. Com a mesma ilusão.
As lágrimas escorreram-me pelo rosto, desceram pelo meu pescoço e delas
perdi o rumo.
Os olhos já secos olham finalmente para a garrafa.
Lêem o rótulo.
Vou com uma asa adormecida deitar-me.
Atiro-me sobre o colchão e peço aos vizinhos perdão.
Balbucio devagarinho
que se pensarem nas contradições de uma alma ferida
que me deixem dormir e que riam baixinho.

Antonina Zabinsky, Varsóvia, 39 anos, 03h18, Autoria de Sandrine

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s